7. Objetos Litúrgicos

Âmbula, Cibório ou Pixide: Recipiente para a conservação e distribuição da Eucaristia.

Cálice: Taça onde se coloca o vinho que vai ser consagrado.

Patena: Prato onde são colocadas as hóstias para a consagração.

Corporal: Pano quadrangular de linho com uma cruz no centro; sobre ele é colocado o cálice, a patena e a âmbula para a consagração.

Pala: Cobertura quadrangular para o cálice.

Galhetas: Recipientes onde se coloca a água e o vinho para serem
usados na Celebração Eucarística.

Sanguíneo: Pequeno pano utilizado para o celebrante enxugar a
boca, os dedos e o interior do cálice, após a consagração.

Manustérgio: Toalha usada para purificar as mãos antes, durante e
depois do ato litúrgico.

Jarro: Usado durante a purificação.
Bacia: Usada com o jarro para as purificações litúrgicas.

Ostensório ou Custódia: Objeto utilizado para expor o Santíssimo,
ou para levá-lo em procissão.

Teca: Pequeno recipiente onde se leva a comunhão para pessoas
impossibilitadas de ir à Missa.

 

Caldeirinha: Utensilio de água-benta.
Asperges: Utilizado para aspergir o povo com água-benta. Também conhecido pelos nomes de aspergil ou aspersório

Cruz Processional: Cruz com um cabo maior utilizada nas procissões.

Incenso: Resina de aroma suave. Produz uma fumaça que sobe aos
céus, simbolizando as nossas preces e orações à Deus.
Turíbulo: Recipiente de metal usado para queimar o incenso.

Naveta: Objeto utilizado para se colocar o incenso, antes de
queimá-lo no turíbulo.




Loading...